Retrospectiva TURNÊ 2008

E veio a próxima viagem!

Com o absoluto sucesso da 1ª Turnê, tanto entre o público alemão como entre os integrantes da Camerata Ivoti, ao final de 2006 já começava a ser planejada a Turnê Europa 2008. Já não se pensava mais apenas na Alemanha. O grupo almejava expandir horizontes! E como grande parte dos integrantes da Camerata é de alunos, a cada ano alguns deles acabam por seguir seus sonhos e novos caminhos. Assim sendo, também a cada ano novos alunos de música passam a fazer parte da Família Camerata Ivoti. Ainda em 2006, com alguns alunos novos, os ensaios do grupo passaram para as sextas à noite. O comprometimento, o entusiasmo, a alegria e a dedicação de todos só fazia crescer. Dessa forma, durante o ano de 2007 a Camerata participou de inúmeros eventos, culminando com o Concerto de Gala no auditório do Instituto de Educação Ivoti, quando se apresentava ao público o repertório para a Turnê 2008.

Ainda em dezembro de 2007, a Camerata Ivoti participou do programa Jornal do Almoço, da RBS TV.

E o início de 2008 ainda reservava muito trabalho para a turminha. Além dos ensaios o grupo teve uma participação no programa de Tulio Milman, na TV COM, e no programa de Rui Carlos Ostermann, na Rádio Gaúcha.

Enfim, após tanto preparo, chegava o grande dia. Mais uma vez, todos se reuniam no Aeroporto Internacional Salgado Filho para iniciarem a viagem de 2008 que, dessa vez, iniciaria pela Holanda, com o seguinte roteiro:

25/01/2008Saída do Brasil.

26 a 29/01Slagharen e Dedemsvaart (Holanda) – já no aeroporto, o grupo conheceu o Sr. Herman, que organizou toda a estadia do grupo brasileiro na Holanda. Na chegada a Dedemsvaart o grupo foi recepcionado pelos hospedeiros com janta. O dia seguinte foi livre com os hospedeiros, sendo que ao final da tarde a turma se encontrou na igreja de Dedemsvaart, onde a Camerata participou de um culto. No dia 28/01 a turminha conheceu o moinho Balkbrug, onde todos tiveram a oportunidade de comer panquecas feitas pelo Sr. Herman e de saborear iogurte com chantili! Delícias! Em seguida, a turma visitou o museu da cidade, onde há fornos de calcário. O grupo também passeou de barco por Giethoorn – a Veneza holandesa – uma cidade planejada e construída entre canais. À noite, o concerto se deu em Slagharen. O quarto dia foi novamente livre com os hospedeiros. A turma toda só se reencontrou à noite para o Concerto na Igreja de Dedemsvaart. Após a confraternização na igreja o grupo ainda se reuniu na casa do Sr. Herman. Festa brasileira na Holanda! O dia 29/01 começou já com a despedida da Holanda, rumo à Alemanha com o motorista Peter. Sem dúvida, lembranças e pessoas que ficarão para sempre nos corações da turminha.

30/01 a 02/02Bielefeld – recebida na Gemeindehaus com lanche, a turminha foi encaminhada aos hospedeiros. No dia seguinte o grupo se encontrava novamente na Gemeindehaus e todos seguiram até uma escola, local onde a Camerata tocou e e todos conversaram com alunos do local. À tarde, um tempinho foi reservado para compras. Em seguida, realizaram o concerto do dia e nova confraternização na Evangelische Freikirche. No dia 01/02 o grupo visitou a empresa de ônibus e o metrô da cidade, com almoço na Gemeidehaus. À tarde parte da turma foi às compras e outra se divertiu no complexo de piscinas Isharabad. À noite, o Concerto e a janta se deram na igreja de Jöllebeck. No dia 02/02 a manhã foi livre com os hospedeiros e, à tarde, a turma passeou pela cidade com visita à Sparrenberg. À noite, o concerto se deu na Jakobuskirche, com direito a festa de despedida. Vontade de ficar mais!

03/02Bad Fredeburg – com viagem em meio à neve, na chegada o grupo conheceu seus hospedeiros. Inicialmente o roteiro contemplou uma caminhada pela cidade para conhecer seus principais pontos turísticos. Entre os atrativos, cavernas que antigamente abrigavam pessoas fugidas da guerra. À tarde a turminha esquiou com trenós. Divertido, mas congelante. À noite, o concerto aconteceu na igreja Friedenskirche. Neve, muita neve e frio!

04/02Basel (Suíça) – na chegada a Basel, o grupo foi direto para a Kleinkunstbühne Rampe, um espaço cultural onde aconteceu o concerto do dia. O grupo brasileiro pernoitou no albergue da juventude. Aventuras!

05/02Genebra (Suíça) – recepcionado pelo presidente da Federação Luterana Mundial, uma organização que une todas as igrejas cristãs de tradição luterana, e pelo Secretário para a América Latina, a Família Camerata visitou o prédio da Federação. Logo depois do almoço, o concerto aconteceu no Templo Ecumênico. À tarde ocorreu um passeio por Genebra, onde todos conheceram o Lago de Genebra, também conhecido como Lago Léman, e o seu famoso jato d’água Jet d’Eau, que atinge 140 metros de altura; o Relógio de Flores; o prédio da ONU – Organização das Nações Unidas – e a Cadeira de 3 Pernas, um monumento aos mutilados por minas terrestres; a Catedral de St. Pierre, que é um marco da Reforma Protestante. À noite, o concerto ocorreu na igreja evangélica da cidade. Uma parte da turminha ficou alojada no lar de retiros da comunidade e outra em casas de famílias. O Centro da IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil).

06 a 10/02St. Wendel – na chegada a St. Wendel o grupo foi para a igreja de Offenbach am Glan, onde todos lancharam e apresentaram o 1° Concerto. Às 23h30min, já em Niederlinxweiler, bairro de St. Wendel, a turminha foi encaminhada aos hospedeiros. A manhã do dia 07/02 foi livre com os hospedeiros, e toda a turminha aproveitou para “ausschlafen”! À tarde ocorreu a visita a uma escola de música e, logo depois, o 2° concerto, em Zweibrücken. O dia seguinte novamente foi livre pela manhã. A tarde fora marcada pelo encontro do grupo para visitar o castelo que abriga o Museu dos Músicos. Em seguida, nova preparação, agora para a apresentação do concerto em Rhaunen. Com o acompanhamento dos hospedeiros, o dia 09/02 foi livre e aproveitado para passeios, compras e descanso. Com uma temperatura de 12º C, a tarde se mostrou agradável e ensolarada. Praticamente verão! No final da tarde o grupo se reencontrou para o concerto na Stadtkirche de St. Wendel. No dia 10/02, a Camerata participou do culto na cidade de Dirmingen, onde todos puderam acompanhar os hinos, muitos dos quais também cantados nas comunidades da nossa região, no Brasil. Após o culto foi servido um lanche. Em seguida, junto com os hospedeiros, o grupo seguiu para a cidade de Trier, que tem mais de dois mil anos e mantém sua história preservada nos vários locais que a turminha teve a oportunidade de visitar: o Anphitheater, uma arena de batalha de gladiadores; ruínas das Termas Imperiais, do séc. VI, que eram o maior complexo de termas do império romano; a Porta Nigra, o portal de entrada da cidade, que data do séc. III; e o centro da cidade. Absolutamente maravilhoso!  Recepção muito querida. Saudades!

11/02Stuttgart – o concerto ocorreu na Fidlerklinic, clínica de saúde mantida pela empresa Mahle.

11/02Heidelberg – a chegada ocorreu à noite, com direito a recepção e janta com os hospedeiros. O dia 12/02 começou cedinho e a turminha se encontrou para visitação ao Castelo Heidelberg. No ano de 2008 o castelo esteve aberto para visitação. Assim, o passeio proporcionou ao grupo conhecer o interior do castelo e a história de seus habitantes. À tarde o grupo brasileiro passeou pelo centro, onde todos fizeram compras. À noite, o concerto ocorreu na Igreja de Heidelberg e, logo após a apresentação, o grupo seguiu para casa dos hospedeiros da Eduarda Weber, onde ocorreu uma confraternização. Cidade encantadora!

13 a 14/02Bad Kreuznach – na chegada, a turminha almoçou no centro da cidade e, logo depois, seguiu para Winzenheim, onde foi recebida pelo Pfarrer Dunkel com mais lanche. Logo depois a turminha se reuniu na igreja para um breve ensaio e, em seguida, todos foram encaminhada aos hospedeiros. À noite a Camerata voltou para a Gemeindehaus, onde jantaram e se divertiram com jogos, música e muita alegria. Momentos descontraídos que se fizeram essenciais para recarregar as energias do grupo e continuar a turnê com todo o pique. O dia seguinte foi de passeios: ao castelo Die Ebernburg, que tem vista para toda a cidade e seus parreirais, e ao centro da cidade. Em seguida, a turma voltou para a Gemeindehaus, onde todos almoçaram. A tarde foi dedicada a um passeio de barco pelo Rio Reno, de Bingen até Rüdesheim, onde o grupo desembarcou para uma visita a cidade e seu museu de instrumentos musicais antigos. No final da tarde, lanche na Gemeindehaus, ensaio da turminha e, às 19h30min, concerto na Pauluskirche. Depois do concerto ocorreu uma confraternização de despedida com a participação do prefeito, que presenteou o Brasão de Winzenheim para o professor Irving, que o recebeu em nome do Instituto de Educação Ivoti. Segundo informações, existem apenas 9 exemplares do brasão, sendo que um deles atualmente se encontra em Ivoti! Muito carinho dos hospedeiros!

15 a 16/02 Koblenz – recepção com lanche na escola de música da cidade e, em seguida, distribuição da turma entre os hospedeiros. Depois do almoço a turminha teve ensaio com os alunos de Koblenz. No meio da tarde, o grupo teve a oportunidade de passear pela cidade. Entre os pontos turísticos, visita ao lugar onde ocorre o encontro dos Rios Reno e Mosel, que se chama Deutsche Eck; e a Estátua de Wilhelm I. O passeio foi relativamente rápido, pois o frio assustou a turminha: -2° C. Na manhã do dia seguinte a Camerata ensaiou novamente com os alunos da escola de música. Às 16h00min o grupo se reuniu para o concerto na igreja, seguido de um coquetel. À noite, sob uma temperatura de -5° C ocorreu uma visita a Festung, uma fortaleza de defesa da cidade, que atualmente é um ponto turístico. Muita música!

17/02Köln – para que a turminha tivesse algum descanso, foi planejado um dia livre. A cidade escolhida para esse relax foi justamente Köln. O grupo se hospedou no Jugendherberge Köln-Deutz, um albergue da juventude, e, assim que tudo esteve organizado, todos saíram para conhecer a Kölner Dom, a Catedral de Köln. Deslumbrante! Uma parte do grupo subiu os mais de 500 degraus da torre para apreciar a vista da cidade e do Rio Reno. À tarde a turminha se dispersou. Alguns fizeram compras, outros visitaram o Museu do Chocolate e o centro da cidade, e outros optaram por voltar para o albergue e descansar. À noite, descontração “em família”. Novas energias!

18 a 20/02Lohmar – na chegada, o grupo foi encaminhado aos hospedeiros, com quem almoçaram. À tarde a turminha se reuniu para jogar bolão. Pura diversão! À noite, nova confraternização com os hospedeiros na Gemeindehaus. No dia seguinte, volta à Köln, onde o passeio começou com compras numa loja de produtos de música e depois seguiu com as comprinhas particulares e individuais. Na volta, em Lohmar, lanche e concerto na igreja católica de Birk. No dia 20/02 a turminha foi recebida com pequeno café da manhã na prefeitura, onde todos tiveram a oportunidade de conhecer a história da cidade. Em seguida, o grupo foi até a cidade vizinha, Siegburg, local em que visitaram um mosteiro e os 13 monges que ainda lá vivem. Com a chuva não foi possível continuar o passeio pela cidade. Restou ao grupo ir às compras no shopping do local. Na volta, às 17h00min, a turma almoçou com os hospedeiros e, logo depois, foi até a Igreja de Cristo para o concerto. Após o concerto, a tradicional confraternização!

21/02Frankfurt – a chegada em Frankfurt foi de encontro na Alte Nikolaikirche, ao lado da prefeitura. Para emoção e orgulho de todo o grupo, uma Bandeira Brasileira tremulava na prefeitura junto com as Bandeiras Alemã e de Frankfurt. Recepcionado por um conselheiro do município, o grupo conheceu o Salão Imperial, Römersaal, e suas imagens dos Imperadores Alemães. Por lá a Camerata tocou algumas peças do concerto. A visita terminou com um coquetel no salão que dá no balcão dos campeões, e que é a sacada da prefeitura onde os ídolos alemães se apresentam depois de alguma conquista. A turminha brasileira não pode chegar até a sacada, mas todos tiveram a oportunidade de chegar bem pertinho! Seguindo com o passeio, o grupo visitou o escritório do Banco do Brasil em Frankfurt e, logo depois, todos ficaram livres para compras. Às 18h30min ocorreu o concerto na Alte Nikolaikirche. Como se trata de um espaço cultural muito procurado, o concerto já estava agendado na Alte Nikolaikirche havia um ano! Após o concerto, o grupo rumou para Usingen. Encantados. Somos brasileiros!

22/02Usingen – a chegada se deu às 22h00min e logo a turma foi encaminhada aos seus hospedeiros. O dia seguinte foi marcado pela visita a Berufschule, uma escola profissionalizante. A tarde foi livre com os hospedeiros e às 19h30min ocorreu o concerto na igreja. Aos poucos, a viagem chega ao fim…

23 a 24/02Kobern-Gondorf – recebida em Winningen, uma vila local, a turma lanchou. Logo depois começaram os ensaios com os alunos da cidade. O almoço foi em companhia dos hospedeiros, com direito a um descanso no turno da tarde. O concerto do dia aconteceu à noite, na igreja. No dia seguinte, pela manhã, acontecia o Concerto Suzuki, que reuniu os alunos brasileiros e alemães, seguido de um lanche para todos. A tarde novamente foi livre com os hospedeiros e à noite o grupo todo participou do culto. Após a janta com os hospedeiros, às 23h00min, a turma se reuniu no ônibus para começar a viagem de volta. Primeira parada: Aeroporto de Frankfurt. Despedidas e música, muita música!

25/02/2008A volta – já no aeroporto, nova despedida: tchau Peter! Como sempre, o amigo motorista se mostrou alegre e animado, já a espera por 2010 para mais uma aventura com a Camerata Ivoti. O dia 25/02 foi longo. Fusos horários e cansaço, mas a chegada e o encontro com as famílias foi um presente para todos. Mais uma viagem chegava ao fim, com muitas novidades para contar, fotos para mostrar e já a vislumbrar a próxima turnê. Que venha 2010!

 
O repertório de música levado na Turnê Europa 2008, compunha:
NOME SOBRE TODO NOME – hinário da IECLB-HPD, n°264
M.A.Baugher – arr. Louis Marcelo Illenseer
 
SUITE ANTIGA
Alberto Nepomuceno
        I   Minueto
        II  Ária
        III Rigaudon
 
SEMPRE CHIQUINHA
Francisca Gonzaga – arr. Sandra Mohr
                Solista: Luciana Malacarne
 
PIAZZITO ALEGRE
Tasso Bangel – arr. Luciano Rhoden
                Solista: Elisabet Gerhardt – acordeão
 
MERCEDITA
Ramon Sixto Rios
                Solista: Elisabet Gerhardt – acordeão
 
SUITE PARA CORDAS
Radamés Gnattali
        I     Abertura
        II   Gavota
        III Ária
        IV Minueto
        V  Giga
 
QUARTETO PARA CORDAS N° 1
Heitor Villa Lobos
        III Canto Lírico
 
RECUERDOS N° 1
Arthur Barbosa
                Solista: Mauro Moraes – violino
 
ASA BRANCA
Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira – arr. Ivan Paschoito
 
BREJEIRO
Ernesto Nazareth
 
MILONGA PARA AS MISSÕES
Gilberto Monteiro – intr. e arr. Arthur Barbosa
                Solista: Elisabet Gerhardt – acordeão
 
Integrantes da Camerata Ivoti da Turnê de 2008:
VIOLINO I                                             VIOLINO II                             
Irving Feldens                                         Dalires Kotz
Mauro Moraes                                        Talita L. Moraes
Eduarda C. D. Weber                             Adriel Klering
Franciele M. Anezi                                 Ezequiel E. Schneider
Samuel Schneider                                  Harry E. Baukat
Victória A. M. Ewald                              Milena Mossmann
Anna K. W. Fiedler                                 Anthony M. Tao
Josiane Richter                                       Cesar A. R. Carrera
 
VIOLA                                                      CELLO
Alexa Lang                                                Monica Cardoso
Klaus Schneider                                      Ana Laura Anschau
Matheus G. Dilly                                     Arthur B. E. da Silva
Rafaela D. Kich                                        Paula S. Saraiva
Tailan A. Frey
 
CONTRABAIXO                                    PIANO                   
Samuel S. Gerber                                     Luciana Malacarne
 
ACORDEÃO
Elisabet Gerhardt
 
Grupo de mães de alunos acompanhantes da Turnê de 2008:
Maria Renate G.Dilly
Maria do Carmo D. Kich
Adriana Klering
Leila E. D. Weber
 
Fonte: Texto baseado em apontamentos do arquivo pessoal de Leila Elisa Dhein Weber.
Imagens: Acervo da ASCARTE/Camerata Ivoti.
Edição de texto e imagens: Leila Elisa Dhein Weber e Isabel Cristina Frozi.
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s